domingo, novembro 09, 2008

EXPOSIÇÃO, SACI, SABIÁ

O RACIOCÍNIO DO IRRACIONAL

Pessoal,

Dizem que o raciocínio é próprio do ser animal racional - nós, humanos. Por outro lado, dizem que os seres animais irracionais não possuem raciocínio. Será mesmo?

Hoje, ocorreu um caso curioso, aqui no sítio.

Na minha última postagem, lhes contei dos macacos de duas espécies diferentes que se uniram para atacar um ninho de sabiás, com o fito de roubarem-lhes os ovos. Eu já havia presenciado tentativas de cada um dos dois grupos isoladamente. O sabiá macho é uma fera! Ele mergulha sobre os símios e, se estes não são “de circo”, levam uma tremenda bicada. E, quando é preciso, a fêmea também parte para o ataque. Assim, como nenhum dos dois grupos conseguia passar pela linha de defesa dos sabiás, uniram-se. Incrível! Espécies diferentes trabalhando juntas por um objetivo comum. Ai, já era demais! Era muito macaco para pouco sabiá! Só que os macacos não contavam com a entrada em cena de um super-herói que, casualmente, assistia a toda a cena. E, assim, brandindo uma vassoura, o Super-JF botou toda a macacada para correr e salvou o ninho dos sabiás.

Depois disso, a movimentação do ninho diminuiu, fazendo com que o Super-JF até imaginasse que os macacos, em alguma hora em que ele estivesse em socorro de outros oprimidos da justiça, tivessem finalmente, conseguido tirar os ovos do ninho. Entretanto, o ninho lá continuava, meio disfarçado entre as folhas, no alto da nolina.

Nos dias seguintes, de seu privilegiado observatório, pela janela de seu escritório, ao fundo do monitor de seu computador, por mais duas vezes o Super-JF percebeu a aproximação dos macacos e já saiu para fora. Os macacos preparavam-se para o bote, enquanto os sabiás voavam em volta, alvoroçados. Porém, nessas outras duas vezes, o Super-JF chegou a tempo de socorrer seus amiguinhos, botando a macacada para correr e refazendo a paz local. Mas, com isso, ficou provado que a movimentação no ninho continuava.

Hoje, pela manhã, lá estava o Super-JF em seu observatório, à frente da tela de seu computador, quando tocou o telefone e ele levantou-se para atender, saindo da frente da janela. Assim como o Coringa tenta distrair o Batman (colega do Super-JF na Liga da Justiça) com alguma coisa, atacando em outro local, também alguém distraia o Super-JF para que os macacos atacassem o ninho. Provavelmente, até fosse algum dos macacos que havia ligado através de seu celular, o sem vergonha!

Mas, a Liga da Justiça não falha. Se um super-herói se afasta, outro toma o seu lugar. E lá estava a Super-Nina, também atenta ao chamado de fracos e oprimidos!

Naquele exato momento ela saiu para o terraço sem saber o que estava ocorrendo. No gramado, bem próxima à entrada da casa, a sabiá caminhou quase um metro, chegando perto dela, e lá ficou fitando a super-heroina. Naturalmente, esta compreendeu, de imediato, que alguma coisa errada estava acontecendo e olhou em direção à Nolina, para o ninho. Um macaco já estava pronto para saltar dos fios para a árvore. Não havia tempo de ir buscar uma vassoura (se bem que ela poderia voltar voando nela! hehehehehe). Super-Nina berrou “Shazan!” e “voou” em direção à planta, espantando o primeiro macaco e outro que já vinha se aproximando. Enquanto isso, o sabiá-macho atacava macacos um pouco mais distantes. Mas, o grito “Shazan” e outros mais, embora nenhum grito impublicável (Super-Nina é muito educada), foram suficientes para espantar a macacada toda.

Agora, à tarde, em vôos constantes, parece que o sabiá-macho está trazendo alimentos para o ninho. Teriam nascido os filhotes?

Mas, o interessante da história foi o seguinte: será que a sabiá-fêmea, vendo-se impotente para repelir sozinha ao ataque, veio em busca de socorro? Por que não, se, em verdade, ela já havia presenciado por três vezes a chegada, a tempo, do socorro protetor? Será que foi mero instinto animal ou ela “raciocinou” que era necessária a ajuda de um super herói e “lembrou” de onde ele saia?

Não sei! Mas, a Super-Nina garante que recebeu uma mensagem telepática, no momento em que ela e a sabiá ficaram, como direi, olho-no olho:

“Me ajuda, que não dou conta sozinha!”

_ _ _ _ _


CRENDICES POPULARES – FOLCLORE

Dia desses, aqui no sítio, nosso cachorro beagle, o Eddie Wood, conseguiu perder sua coleira. Nessa coleira está presa uma chapinha metálica com diversos números telefônicos. Se ele perder-se, esperamos que aquele que o encontrar nos avise. Assim, a perda de uma simples coleira nos deixou preocupados. E se ele se desaparece?

Nosso caseiro, gaúcho, trabalhador, leal, adepto do chimarrão e do cigarrinho de “paia”, aqueles cigarrinhos de palha de milho enrolada e fumo de corda picado com canivete especial, disse que iria encontrá-la. Bastava fazer uma “simpatia para o Saci Pererê”.

Dito e feito. Cortou um pedacinho do fumo de corda e o deixou num canto “para o moleque Saci ter fumo para o seu pito”.

Segundo o Ilmo, se o Saci viesse pegar o fumo, ele devolveria a coleira, pois só podia ser brincadeira dele.

Depois de certo tempo, o fumo desapareceu. Pois não é que, pouco depois, a coleira foi encontrada?

Gentes, agora fiquei confuso. Será que existe, mesmo, o tal de Saci Pererê?


_ _ _ _ _

II FEST-ORQUÍDEAS DE FORTALEZA

Amigos, nos próximos 14 a 16 de novembro estará sendo realizado, em Fortaleza/CE, o II FestOrquídeas, organizado pelos meus amigos da ACEO-Associação Cearense de Orquidófilos, entre eles a Vera Coelho http://orquidarioterradaluz.blogspot.com , a Juliana Coelho, o Ítalo Gurgel, e todos os demais amigos. Exposição de orquídeas, oficinas, palestras, tudo no belíssimo e moderno Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura..

No I FestOrquídeas, no ano passado, a Nina e eu lá estivemos. Fui convidado a participar do julgamento das orquídeas expostas e, também, fazer uma palestra sobre normas de julgamentos de orquídeas, com direito a ser noticiado na imprensa e aparecer na TV Verdes Mares! (vide *), abaixo.

Um evento imperdível! Além das orquídeas, a moderna e linda Fortaleza proporciona possibilidades de lindos passeios. Sem falar que o povo cearense é muito simpático e hospitaleiro.

Nas fotos (clique nas imagens para aumentá-las):

-Cartaz-convite da exposição;

-Troféu a ser entregue ao orquidófilo vencedor, obra de artesão local.

Abração a todos,

JF


(*) Foi pena que os olheiros da Globo não me viram. Eu poderia estar estrelando a novela das oito!


19 comentários:

Adenium - Rosa do Deserto disse...

JF, mais um conto imperdível seu e que poderá fazer parte de um livro. Quem sabe!
Gostaria de agradecer a divulgação do II FestOrquídeas, que está prometendo ser belíssimo! Este ano não teremos as presenças tão queridas de sua e de Nina. Saudades, viu? A convite da ACEO - Associação Cearense de Orquidófilos teremos o Prof. René Rocha, autor do livro ABC do Orquidófilos para uma, várias e muitas orquídeas.
Grande abraço,
Vera Coelho
Fortaleza-Ce.

J.F. disse...

Vera, querida amiga.
Será um sucesso ainda maior que o do ano passado. Dê um abração meu e da Nina ao René e à Sheila. Mostre a eles que os peixes dos "Verdes Mares de Iracema" são tão bons quanto os trairões de Minas Gerais. E, como sobremesa, os cajus e as mangas colhidos na hora! Hummmmm...
Beijão meu e da Nina a você e à Ju.

Marco disse...

Rapaz, que bela postagem! Gostei muito mesmo. Da história dos sabiás e o casal super-poderoso que até conversa com as aves, uma espécie de Aquaman dos ares, até o causo do saci-pererê. Se eu acredito, como diz aquele velho ditado "no lo creo en las brujas, pero que las hay, las hay".
E o Super JF, em sua identidade secreta de um pacato orquidófilo, continua arrebentando a boca do balão. Parabéns, amigo!
Carpe Diem. Aproveite o dia e a vida.

Maria Helena disse...

JF
Deve ser reconfortante viver num lugar assim, onde a natureza faz parte do cotidiano.
A simbiose entre o casal de sabiás e os super heróis, encanta
Belas histórias
Abração

DILERMArtins disse...

Caro JF
Os sabias do teu Sítio me reportam aos Quero-quero aqui da Chácara, garanto que a luta é a mesma, só que por aqui o inimigo é um gaviãozinho, que o povo chama de chimango(ladão de ovos e filhotes) e as super-heroínas são minha mulher e minha sogra. Diferente do sabiá o quero-quero não faz diferença entre elas e os chimangos, ataca todos que se aproximam do seu ninho que é no chão e fica a uns 50 metros da nossa varanda.

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Magui disse...

Ficou ótimo mas , aqui para mim, está aparecendo os códigos , dificultando a leitura.

Eu queria estar nessa exposição.Oh, si!

Claudinha disse...

Caro amigo, não sabia que também era super,assim como a Nina! Eu sou a super Claudinha, revelo, defensora dos frascos e comprimidos e ajudaria se estivesse aí. Adorei as revelações e, pra mim, os animais raciocinam sim, os símios conseguem fazer ferramentas, e por que não mamãe sabiá???
Tomara que a globo perceba o galã, mas não deixe que descubram a identidade de super herói...
Beijos procês todos (inclusive o Ed)

luzdeluma disse...

Eu só acho lindas as orquídeas, não entendo nada!!
JF, eu cresci ouvindo histórias de Saci. E a que me impressionou mais foi o modo como se prende Saci. Sabe como é?
Pela sobrevivência, os animais desenvolvem características que nós 'humanos' pouco sabemos, mas acredito sim que a mamãe sabiá foi procurar por ajuda. Salve Super Nina!! Boa semana! Beijus

paulinha disse...

Que bom que o trabalho da dupla dinâmica está dando resultado e o ninho de sabiá continua protegido =D

Nossa, eu pensava que ninguém mais seguia essa conversa do Saci e todo mundo apelava pra São Longuinho mesmo. Mas não é que dá resultado? O ruim vai ser achar um pouquinho de fumo pra deixar pro
Saci... pelo menos vc tem a quem pedir emprestado =]

maith disse...

Olá, amigo!
Você não acredita em saci=perere? Eu taambem não, mas garanto que há muita coisa tão falsa quanto ele e que nos acreditamos...
Você está convidado a passar pelo meu blog www.bisavo.blogger.com.br e ver a festa de aniversário de meu bisneto. (isto se você não tiver medo de bruxas)
Um abraço e um domingo de muita paz e poucos macacos!

Blog do Beagle disse...

JF amei a história dos passarinhos x macacos. Parabéns por cuidar deles. Tive minha experiência com uma colibri e seus ovinhos e está no blog do UOL. Saci existe, sim, basta acreditar nele! Bjkª. Elza

Claudinha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Claudinha disse...

Oi JF! Voltei procurando atualização...
Então gostou de minhas qualificações?! Hahaha, mas isto é só um pouquinho do que eu sou capaz, meus super poderes vão além. Saiba que sou mãe de dois rebentos adolescentes, trabalho fora e tomo conta de tudo. Acho que a Nina é assim também , não é?

Beijos procês!

Magui disse...

Realmente o sabiá é bravo mesmo.Voo razante é o mínimo.

Qt ao Saci Pererê , agora temos a prova que ele existe mesmo.

Minhas orquideas nacionais só dão folhas.Muitas .

Maria Helena disse...

J.F
Tem um mimo para vc no Caminho Suave.
abração

luzdeluma disse...

Cadê você J.F.?

Boa semana!! Beijus

Blog do Beagle disse...

Desistiu de nós? Tou com saudade!!!!!!!! Boas Festas. Bjkª. Elza

Claudinha disse...

Feliz Natal queridos amigos JF e Nina! E um excelente 2009!
Beijos!