segunda-feira, dezembro 17, 2012

PIRRALHINHA



Ele tornou-se amigo de seu irmão e freqüentavam as mesmas festinhas. O irmão a levava, mas ele, até agora, não lembra exatamente de quando se conheceram. Pudera, ele já tinha 20 anos e ela era uma pirralhinha de 14 anos, falante, barulhenta, mal saída de sua infância.

Ele estava de olho na gata de olhos verdes, pouca coisa mais nova, mas da mesma idade. E saiu o namoro. Brigas e mais brigas que levaram ao rompimento definitivo, depois de quatro meses. Foi sorte! Se tivessem continuado, hoje um estaria na prisão e o outro coberto por sete palmos de terra, no cemitério. Sem que se saiba exatamente quem estaria onde.

Por sua vez, ela começou um namoro com outro amigo do mesmo grupo, namoro esse logo interrompido.

E o tempo foi passando, eles se vendo nas reuniões da turminha, todos os finais de semana. E batendo papo. Na verdade, ela, a extrovertida, falando e ele, o tímido introspectivo, escutando.  À medida em que iam se conhecendo melhor, já não viam a hora da chegada dos finais de semana para se  verem e conversarem.

Aí, aconteceu. 1964, 14 de dezembro. Ele telefonou:

“Você quer namorar comigo?”

“Se quero!!!”

Na última 6ª feira (14), eles completaram 48 anos de namoro. Lógico que, durante esse tempo, casaram, tiveram dois filhos, têm duas netas, sem esquecer os quatro cachorros: Chinita, Belle, Rakam (O Terrivel) e o atual Eddie Wood (Ed, para os íntimos) . Brigas? Lógico! Porém, nunca levantaram a voz um para o outro. Nunca se chamaram de bobo (a) ou qualquer coisa um pouco mais séria. Sempre muito respeito e carinho. É por isso que Franjinha e Cebolinha seguem namorando ainda por muito tempo. 

                   -                     -                       -                     -


MAMÃE SABIÁ


Maria Rita é uma amiga muito querida que mora no Rio de Janeiro e tem sua casa de campo em Paty do Alferes/RJ. É em Paty que cultiva suas orquídeas e todas as outras plantas. Além das plantas, Maria Rita gosta de fotografar: viagens, momentos, tudo! E está tudo lá no seu cantinho
     http://www.flickr.com/photos/29270995@N05/

Na foto ao lado, feita pela Maria Rita lá em Paty, Mamãe Sabiá posa, enquanto choca seus ovinhos.


                    -                    -                      -                     -
Nesses próximos dias, família toda começa a chegar ao sítio para Natal e Ano Novo. Mais uma vez, reunião com muita alegria, muita paz e muita música. Se alguém quiser ver o "Família Jacaré" cantando, é só aparecer.

Um feliz Natal e um ótimo 2013 para todos.

Abração,
JF    



16 comentários:

Ana Carla disse...

48 anos! Que delícia de namoro! Parabéns! Aproveitem a família reunida e façam um Natal de paz e partilhas! Que 2013 venha repleto de boas novidades! Saúde!

Nina Maria disse...

Todos os dias repito "se quero" e continuamos namorando!
Você é minha vida e,juntos, conseguimos formar uma família com muito amor e união.
Continuo "barulhenta", mas sei que você me ama!
Beijos

J.F. disse...

Oi, Ana Carla.
Obrigado! E um feliz Natal e ótimo 2013 para você também.

J.F. disse...

Nina Maria...
E quem disse que a crônica dizia respeito a nós? É a história da Franjinha e do Cebolinha, né? Ou seu namorado a apelidou de Franjinha? Aliás, nessa foto você já estava sem ela. Mas, isso é verdade: você é "barulhenta" e eu a amo desse seu jeito. Beijos

maray disse...

acho que o amor não dá certo a toa. Não basta amar, isso eu sei. Tem que ser mais que isso, porque todo mundo ama e nem todo mundo é feliz.
Vocês são felizes e nós também. Mas alguma coisa a gente deve ter feito de bom. Se eu soubesse, ensinava e cobrava por isso. Ficaria rica. Mas não sei.
Talvez o segredo seja esse: amar sem ter a menor idéia do porquê.

Feliz natal e feliz ano novo, JF.
Pra todo mundo, pra Luciana, pra família toda, incluindo a bicharada que também merece, né?

Abração

Adenium - Rosa do Deserto disse...

JF e Nina, eternos namorados,

É muito difícil nos dias de hoje encontrar pessoas tão apaixonadas e com este respeito. É a receita do AMOR.
Vocês são exemplos de uma família feliz e fazem os amigos mais felizes com estes gestos de amor.
Abraços a toda a família que eu amo tanto.
Vera Coelho

Claudinha ੴ disse...

Que lindos! Seu namoro tem a minha idade! (25 anos e 23 meses)
Que Deus os abençoe sempre!
Beijos!

Luciana Vannucchi de Farias disse...

Ainda bem que eles namoraram, não é? Ou a bolotinha não estaria por aqui hoje em dia, HAHAHAHAHA....

Falando sério, paiê: assim você mata uma filha antes da hora, de emoção.

Beijão!!!

J.F. disse...

Maray,
É como você diz. Não basta amar. Se ficar apenas nisto, vira rotina. E, com a chegada da rotina, vira acomodação e o amor acaba. Precisa amar e fazer muito mais que isso. Sempre! Continuamente! Lembrando sempre que o outro foi o eleito para ficarmos juntos até o nosso final.
Abração.

Luciana Vannucchi de Farias disse...

Esqueci de comentar que fiquei com inveja branca dessa foto que a Maria Rita tirou da Sabiá, coisa mais linda!!!

J.F. disse...

Vera, querida.
Não é tão difícil. Basta que os DOIS queiram que dará certo. Mas, que sejam os DOIS a querer. Se for um só, ele acaba cansando e vai procurar outra "praia".
Beijão, feliz Natal, um 2013 muito bom e com muito sucesso, prá você, prá Ju, pro George. Votos meus e da Nina.

J.F. disse...

Oi, Claudinha. Obrigado!
Sabe o que acontece? Hoje em dia tudo conspira contra uma união duradoura, a começar pela TV. É tudo na base do "se não der certo, o negócio é partir prá outra". É óbvio que o casamento é uma incógnita e ninguém nasceu para ser infeliz. E, neste caso, tem que partir para outra, mesmo, pois infelicidade é sinônimo de burrice. Só que, o que se tem visto, é as pessoas cada vez mais pensando só em si mesmas, ninguém mais dialogando, todos desistindo sem nenhuma luta para manter acesa "a chama".
Abração.

J.F. disse...

Oi, filha.
Isso é para mostrar que tédio, no casamento, é só para quem quer. Quem não quer tédio, prioriza o amor através do carinho, do respeito, do companheirismo, da compreensão, do incentivo, da amizade sem cobranças, da luta a dois nos momentos difíceis, da cumplicidade, do compartilhamento de alegrias e tristezas, da presença, etc., etc. E olha que nós trabalhamos juntos, o que nos faz ficarmos um ao lado do outro 24 horas por dia, sem nos cansarmos disso. Aliás, às vezes até acordamos uma hora mais cedo para ficarmos juntos 25 horas por dia. hehehehehehehe!
E, em todo esse tempo, independentemente do que estiver acontecendo à nossa volta, sermos recebidos um pelo outro, de manhã ao acordar, com um sorriso.
Linda a foto da sabiá da Maria Rita, né? Acho que ela ainda não viu, pois não deu palpite.
Beijão

Claudinha ੴ disse...

Olá JF!
Voltei para desejar um Feliz Natal para você, Nina, Lu e toda a família, incluindo os filhos postiços como Ed Wood!
Beijos!

francy´s disse...

Fala sério parece que foi ontem não é mesmo? Parabéns e muitas felicidades que tenha uma Natal maravilhoso.
bjs

J.F. disse...

Fran, querida.

Obrigado pela visita. Feliz Natal para vocês todos.

Abração.