quinta-feira, novembro 21, 2013

QUANTO MAIS SE VIVE, MAIS SE APRENDE

Gentes, em matéria de compras... Não sei se sou tão bom assim como sou bom em todas as demais coisas, inclusive na modéstia.

No supermercado, por exemplo, sou ótimo quando se trata de comprar bebidas, principalmente cerveja. Também compro muito bem aquelas besteiras engordativas, ótimas para comer com uma cervejinha do lado, tais como salaminho, azeitonas, tremoços e quejandos.  Ah! Também sou bom para comprar milho de pipoca (por sinal, elas também são ótimas na companhia de uma cervejinha), já que pipoca é minha única especialidade culinária. Verdade! Quando a Nina vai a São Paulo, se não é a boa vontade da caseira, passo dois dias só comendo pipocas. Logicamente, acompanhadas de cerveja, pois o calor é demais.

Bom, vai daí que a Nina me pede, logo após o almoço, para comprar um pacote de sabão em pó. E lá fui eu para o supermercado. É óbvio que eu não sabia onde ficava o setor de sabão em pó. Mas, com muita paciência e perspicácia (duas das minhas muitas qualidades), cheguei a uma gôndola que deveria ser a fiel depositária do produto. Muitas marcas, coloridos diferentes, perfumes diferentes, preços exorbitantemente diferentes, detergentes em pó, lava roupas... Mas, sabão em pó, que é bom, nada! Devem estar disfarçados, pensei. E resolvi usar a lógica. Escolhi um pacote e dirigi-me a um dos caixas. O caixa dessa Caixa, por sinal, era uma mulher.

“CPF na nota?” Foi logo perguntando.

“Ainda não sei. Você me permite uma pergunta de homem?”

Ela arregalou os olhos e ficou esperando.

“Minha mulher me mandou comprar sabão em pó, mas não encontrei. Por acaso, esse detergente em pó é a mesma coisa que sabão em pó?”

Ela me olhou aliviada.

“Sim! Detergente em pó é sabão em pó.” E aí, ela riu de minha pergunta. Na minha cara!

Gentes, onde já se viu rir de alguém que tem uma justa dúvida desse tipo? Quase que eu já ia dando, como resposta à altura, a clássica piada do “eu sempre achei que “deter gente” fosse anticoncepcional!” Só que ela era capaz de me acusar por assédio e, assim, limitei-me a rir amarelo e informei o CPF para a nota fiscal.

                   -                    -                     -                    -

OS BICHOS QUE AQUI VIVEM

E aí vai mais um animalzinho daqui. No meio de tantos saguis que por aqui aparecem, este "albino" tranquilamente comia as cabeludinhas, uma frutinha meio sem graça, bem ao lado da casa. Muito lindo, branco com umas manchas cinza claro no dorso e listas no rabo, já foi visto várias vezes, só ou com seu bando, zanzando por aqui. Não sei se por enxergar mal, permitiu que eu chegasse a um metro de distância para poder fotografá-lo. É o segundo "albino" que nos aparece. O primeiro era totalmente branco. Depois de uma série de aparições, nunca mais foi visto. Só espero que não tenha sido aprisionado.  É para flagrantes desse tipo que a máquina fotográfica está sempre a postos.
                    -                    -                    -                    -


MINHAS ORQUÍDEAS


Apresento a vocês o Dendrobium fimbriatum 'oculatum'. É uma entre as centenas de orquídeas que instalei em árvores do sítio nos últimos quarenta anos. Esse exemplar da foto já deve ter uns 30 anos de idade e tenho mais algumas dezenas de plantas da mesma espécie instaladas em outras árvores. Planta de origem asiática que se aclimatou muito bem no Brasil, especialmente na região do planalto além da Serra do Mar, floresce sempre por volta do mês de outubro. Por ser espécie exótica (estrangeira!), não existe inseto polinizador. Consequentemente, apesar das florações abundantes, não são vistas cápsulas de sementes. Assim, a planta não é invasiva e restringe sua localização à planta hospedeira. Entretanto, em laboratório, facilmente pode-se fecundar uma flor e obter sementes na quantidade que se quiser. Mas, para amadores, como é meu caso, a forma mais fácil de reproduzi-la é através de mudas feitas de hastes destacadas da planta.
                    -                    -                    -                    -
É isso aí, pessoal.
Abração e até à próxima.
JF

16 comentários:

maray disse...

Pra sossego teu maior ainda, já lavei roupa com detergente daqueles de lavar louça, por falta de sabão em pó e funcionou! Só não tem o cheirinho...

Os homens em supermercado ficam achando que a gente sabe das coisas. Ainda mais quando se tem uma idade em que vc deveria ser sábia. Vivem me perguntando coisas. Eu respondo as que sei e as que não sei, invento. Não quero perder minha fama de "sábia" ( pra não dizer velha...)

Adorei as orquídeas! Vou mostrar as fotos pras minhas. Quem sabe elas se envergonham e dão alguma florzinha que seja ...

abração

J.F. disse...

Maray,
Em supermercado, eu também invento. Uma vez, fiquei lá ao lado das melancias dando pancadinhas nas coitadas, dando uma de "entendido", até achar uma cujo som me agradou. Aí, uma senhora me pediu para escolher uma para ela. E escolhi. A minha foi uma droga. Donde, imagino, a mulher está me chamando de maluco até hoje.
Bom, minhas orquídeas instaladas em árvores não recebem nenhum cuidado e vão muito bem. É que o clima e a proximidade do lago ajudam muito.

Nina Maria disse...

Quer saber um segredo?Quando vou comprar sabão em pó, pego a marca habitual e nunca reparei se está escrito "sabão em pó", ou "detergente em pó".No momento não posso verificar, porque não tem nenhuma embalagem fechada aqui em casa (por causa da umidade, o sabão( ou detergente,sei lá) em pó é colocado num recipiente plástico bem fechado.
Amo a sua "carinha" de malandro, tomando cerveja!Beijos, meu amado

J.F. disse...

Nina,
Você é suspeita para falar qualquer coisa (hehehehehehehe!!!). Aliás, mais uns dias e estaremos completando 49 anos de namoro.
Te amo!

Os Incansáveis disse...

J.F: adoro suas camisetas temáticas hahaha.
No mercado, sou meio neurótica: leio tudo do rótulo. Acho que é reflexo de ter feito estágio no Laboratório de Embalagens do IPT. O duro é quando esqueço o óculos. Aí,acabo comprando o que já conheço.
Denise

Claudinha ੴ disse...

Ai meu Deus, que modesto! Mas , me matéria de compras, parabéns! O Ed aqui também faz destas comigo e traz umas coisas que eu jamais havia notado no supermercado. Por isso, eu sempre que posso, vou junto... Hahahaha, a moça não te enganou não? Bom, pra mim teria diferença. Sabão é sal de ácido graxo de cadeia longa e é sempre biodegradável. Dertergente, é sal de ácido sulfônico, nem sempre é biodegradável, aí eu criaria um caso, HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA
Olha a chatice! hahahahah
Adorei as fotos do mico e das orquídeas. As minhas não floriram neste ao ainda... :(
Beijos procês todos aí!
E pipoca é light viu? Assim como a cerveja! hahahaha

Magui Só disse...

Que preciosidades você tem na suas redondezas! Este mico é divino e as orquídeas me deram inveja pois as minhas são simples plantas de vasos.Qt a vc não conhecer sabão em pó, queria poder dizer o mesmo pois significaria que alguém cuidaria da casa por mim.

Luma Rosa disse...

J.F., não dá certo beber e ir ao supermercado, viu?
Então, sabão em pó podemos colocar para dissolver e lavar a louça? Felizes os bichos e as plantas que não precisam de produtos de limpeza!
Que lindas essas orquídeas!!
Beijus,

Marli Soares Borges disse...

Em matéria de supermercado, ninguém sabe mais, nem os homens nem as mulheres. E porque as mulheres deveriam saber mais de detergentes? Rsrsrsrs

O mico é lindo e as orquídeas são divinas! Parabéns. Ah, e já lavei roupa na máquina com detergente de louça e já lavei louça com sabão em pó.

É acontece, hahahaha. Bjs Marli

J.F. disse...

Na verdade, Denise, até que não sou tão ruim de compras. A parte de legumes e frutas é comigo mesmo. Único problema é que sou exagerado. E quanto a óculos, apenas sou míope e enxergo direitinho de perto. Mas, para longe... Tempos atrás, quebrou meu óculos, em viagem, e eu vim dirigindo sem ver praticamente nada, por 150 Km No início, uma forte cerração. Depois, anoiteceu e veio chuva torrencial. Foram três horas terríveis, praticamente dirigindo pelo olfato.
Abração.

J.F. disse...

Claudinha,
Pipoca e cerveja são lights! Que grande notícia! Vou mudar meu regime.
Abração

J.F. disse...

Oi, Magui.
Esta região é bem servida por matas. Inclusive no meu sítio. Isto faz com que muitos animais encontrem refúgio por aqui. E temos uma Polícia Ambiental municipal muito atuante e vigilante, o que é muito bom.
Abração.

J.F. disse...

Pois é, Luma. Os bichos não precisam mesmo de sabão, para sorte deles. Aqui no sítio eles têm proteção total. Quando meus pais compraram o sítio, em 1970, era comum encontrar arapucas e armadilhas para pegar principalmente pássaros. Minha mãe destruía todas. E, se fosse empregado nosso, era rua na hora. Mas, nesses pouco mais de 40 anos, parece que a mentalidade das pessoas, ao menos na nossa região, mudou muito e, hoje, todos admiram e protegem pássaros e outros animais silvestres (que vem aumentando e bastante!).
Abração.

J.F. disse...

Oi, Marli.
Hoje em dia as pessoas fazem suas compras mais por embalagens do que por conhecimentos específicos do produto.
Quanto aos animais, dia desses, apareceu uma cascavel na frente de minha irmã. Foi uma cascavel olhando para a outra! KKKKKKKKK Brincadeira! Não quero que minha irmã de dê uma mordida. Ooops, escapou de novo. Chiiiiiii!!!
Abração.

Ana Carla disse...

Suas histórias são sempre sensacionais! E suas orquídeas são maravilhosas!

J.F. disse...

Obrigado, Ana. Tudo de bom prá você.