domingo, dezembro 22, 2013

PROCURA-SE : BRANCA DE NEVE

Meu amigo Alfredo Francisco Martinelli, que foi presidente da CAO, depois CAOB (*), tinha no jardim de sua casa, em Santo André, estátuas da Branca de Neve e dos sete anões. Provavelmente, dos tempos em que sua filha Magda era criança.

Bons tempos aqueles, nos anos 70, em que as pessoas saiam para viajar sem medo de deixar a casa sozinha. E, para a rua, um simples e baixo murinho era a única segurança.

Pois, num domingo à noite, ao voltar de uma exposição de orquídeas, o Al Capone (apelido que lhe fora dado pelo Heitor Gloeden) constatou o sumiço da Branca de Neve. É lógico que uma estátua não sairia sozinha de casa. Tampouco não saíra com nenhum dos anões de 50 cm. Eles estavam todos em suas devidas posições. Saíra acompanhando alguém de grande porte.

               _               _                 _                _               _

- Dotor, tá aí um cidadão que veio dar parte do rapto de uma mocinha. Mas a história tá muito esquisita.

O delegado de plantão olhou para o escrivão, considerou que estava tudo tão calmo naquela noite de domingo e que seria ótimo que assim continuasse, e mandou entrar o queixoso.

- Pode falar, cidadão.

- Doutor, sumiu minha Branca de Neve.

- Como sumiu? Saiu com o namorado e não voltou?

- Ela não tem namorado e não anda sozinha, Foi levada.

- Entendo! Descreva...

- Bom, ela tem 80 centímetros de altura...

- Sua neta?

- Não! É uma estátua de jardim e desapareceu enquanto eu estava fora.

O delegado olhou fixamente o queixoso e chamou o escrivão.

- Oh, Tavares! O cidadão aqui tomou umas cervejas a mais e está “cansado”. Acomoda ele em uma cela que amanhã cedo ele vai estar mais calmo e poderá ir prá casa. Cada um que me aparece por aqui!!
                _                  _               _               _               _

Lógico que o diálogo acima é só hipotético. O Martinelli não iria cair no ridículo de prestar essa queixa, já que ele tinha certeza de que aquilo era obra de algum orquidófilo gozador. Só que ele não podia entrar no jogo e ficou calado. Não contou para ninguém. Mas, a história correu e todos sabiam que ele estava atento para ver se descobria o autor da gracinha. Não descobriu. Nem a grande maioria de orquidoidos descobriu. Eu mesmo não sei, até hoje, quem foi.

E, um mês depois, num domingo à noite, ao voltar de outra exposição de orquídeas, encontrou Branca de Neve serenamente postada, no meio do jardim, ladeada pelos sete anões.
               _               _               _               _                 _

Lembrei-me dessa história porque ainda existem pessoas que costumam ter estátuas no meio de seus jardins. Eu mesmo, em frente de casa, no sítio, tenho duas garças. São peças que foram ali colocadas por meu pai e eu respeito a vontade dele. Fiquem, garças!

(*) Coordenadoria das Associações Orquidófilas do Brasil

            _                 _                _               _                  _ 

Seria o FBI? A CIA? O MOSSAD? A KGB? Algum outro órgão de espionagem estrangeiro?

Gentes, vocês já tiveram dia assim, em que vocês sentem que estão sendo vigiados?

Era como estava me sentindo em meu escritório, no sítio, enquanto navegava na internet. Alguém estava "de olho" em mim. E eu que sou um cidadão tranqüilo, não me meto em política, nem em mensalões, compro tudo com nota fiscal, pago os impostos... 

De repente, levanto os olhos e lá estava ele:
um sagui me espionando pela janela. Como é que pode? Eu não fiz nada. Ou será que ele estava esperando eu desocupar meu computador para ver seu Facebook?
            _            _            _            _            _            _

Amigos,

A todos vocês e aos seus familiares, um feliz Natal e um excelente 2014.

Abração e até à próxima,
JF

17 comentários:

Marli Soares Borges disse...

Olá J.F.!
Fico pensando que é muita disposição 'sequestrar' uma estátua de um jardim, afinal ela deve ser bem pesadinha, não?

E o sagui? Que amor, quer saber, isso dá uma emoção na gente, imagino teu coração...

Feliz Natal junto aos teus, muitas alegrias!!! Bjs. Marli

J.F. disse...

Marli,
Não sei que peso tinha a estátua. Mas, quando se trata de brincar com um amigo, acho que elas não têm peso algum. Quanto à bicharada que anda por aqui, é sempre uma alegria poder vê-los. E, mais ainda, sentir que eles estão aumentando.
Boas festas e um abração.

Magui Só disse...

Eu tenho vontade de colocar um anãozinho da Branca de Neve no meu quintal, o Zangado de preferência,mas tenho certeza que será roubado.Por isso ainda não coloquei.Outro dia vi uma estátua de um homem sentado e pensei em parar pra perguntar preço.Um dia pode ser que o faça.
Esta foto do sagui é belíssima.Que sorte sua em te um espião assim.Para quem fala mal do Brasil, devia passar uma temporada nas suas redondezas.
Qt a responder porque meu link não se atualiza para você, confesso que nem sei do que vc está falando.Tem que perguntar para Lulu on the sky.Acho que ela pode responder.
Desejo a vc e sua família um Feliz Ano Novo.Que Jesus esteja sempre com todos vocês.E que nós continuemos juntos no mundo blogueiro.

Maze Oliver disse...

Dei boas risadas com seu texto. Vc sempre com muito bom humor. Feliz Ano Novo amigo!Bjs.

Ana Carla disse...

Obrigada pelos seus "causos", J.F.! Vamos fazer um 2014 bem feliz!

Tina disse...

Oi JF!

Obrigada pelos comentários ! Desejo a você e família um super 2014 e desejo que o melhor ainda esteja por vir ! E virá, com certeza. Bjs

Abraço em todos,

Claudinha ੴ disse...

Meu Deus, a pobre da Branca de Neve não pode nem dar uma saidinha com o príncipe (na verdade, era o Lobo Mau, mas isto é uma outra estória)que já fica todo mundo apavorado! JF seu amigo precisava entender isso! Ela voltou depois de dar umas voltas, uai!
Ah e adorei seu espião! Mas foi o Obama que mandou, não se engane!

hahahah, beijos a todos e um excelente começo de 2014!

Magui disse...

Olá!
O problema era virus... Caramba, cada dia fica mais difícil as coisas!Nem sei como peguei o virus pois não abro mensagem no email e só transito pelo óbvios. Vou ficando no blogue.

J.F. disse...

Oi, Magui. No caso que narrei, foi apenas uma brincadeira entre amigos que terminou em boas risadas. Mas, hoje em dia, dá o que pensar em colocar uma estátua em algum lugar. Alem de aparecer alguém querendo levá-la, existe o problema dos vândalos que nada respeitam, prontos para levar partes ou pichá-las. Vide o caso da estátua do Carlos Drumond de Andrade (e outras) no Rio de Janeiro. Quanto aos bichinhos que por aqui vivem, sinto-me privilegiado com a presença deles. E essa presença é garantida por ser uma região com diversas áreas de mata e pela presença de muitas árvores frutíferas, inclusive as minhas. Mas eles até que merecem as frutas.
Fiquei contente ao ver que você resolveu o problema e que seu blogue já está totalmente ativo.
Abração.

J.F. disse...

Oi, Mazé. O humor foi uma diretriz para a criação deste blogue. Verdade que, às vezes, a gente vê coisas que nos dão vontade de "sair matando". Mas, acabo deixando "prá lá" e me mantenho fiel à diretriz.
Feliz ano novo para você também, minha amiga.
Abração.

J.F. disse...

Oi, Ana. Já existe tanta coisa aí por fora que nos dão vontade de "chorar". Então, vamos continuar com os "causos" e fazer (pelo menos tentar) um 2014 feliz.
Abração.

Mimirabolante disse...

Voce e os seus " causos " ...srsrsrsr

J.F. disse...

Oi, Tina.
Certamente será um ano melhor para todos.
Abração.

J.F. disse...

Oi, Claudinha.
Com o príncipe não foi, pois ela havia rompido o namoro. Nem com o Lobo Mau, pois estava falido. Desconfiou-se de ter saído com os Três Porquinhos, donos de uma Ferrari igualzinha à do Justin Bieber. Quanto à bicharada... Isto está interessante demais.
Abração.

J.F. disse...

Alô, Mimi.
Espero que as férias tenham sido ótimas. Só está faltando a blogagem. Feliz 2014 para você e os seus.
Abração.

Ana Carla disse...

Obrigada pelo apoio! Esses "depoimentos" ajudam muito. Bom final de semana (magrelinho)!

Rosamaria disse...

Olá, JF.!
A Branca de Neve deve ter dado um belo passeio. Valeu a brincadeira, né?
Uma amiga tinha um sagui dentro de casa, tratado com todas as regalias, inclusive ar condicionado, porque o calor era grande. Pois finalmente ela se deu conta que lugar destes bichinhos não é dentro de casa e deu para o zoológico da cidade, mas ela que paga todas as despesas dele.
Obrigada por não me abandonares. Tu e a Chica são meus visitantes certos.
Bjim pra ti e pra Nina.