quarta-feira, fevereiro 27, 2008

TESTANDO A MELANCIA

Dia desses, num blog muito interessante que eu ainda vou lembrar e indicar para vocês, li um comentário bastante interessante sobre o pessoal que se diz entendido em vinhos. A pessoa faz um cursinho muito rápido, de algumas horas, e já se diz enólogo. E, como tal, faz questão de esnobar em público. Basta ser servido algum vinho e o tal “entendido” passa a mostrar sua erudição, com muitos gestos, caretas e palavras sobre o “néctar dos deuses” recém servido. Na verdade, acredito que a imensa maioria desses provadores de plantão mal sente a diferença entre um vinho seco e um vinho suave.

Mas, isto não acontece apenas com os vinhos. Vocês já viram os entendidos em melancia? Isso mesmo! Melancia! Aquela fruta enorme e deliciosa, mas uma autêntica arma mortal se despencar de uma boa altura na cabeça de qualquer cidadão.

Há muito tempo, alguém me contou que se conhece uma boa melancia pelo som que ela emite ao lhe batermos com os nós dos dedos da mão. E a pessoa me demonstrou. A partir disso, tornei-me exímio conhecedor de uma boa melancia. Cada vez que compro uma, não deixo de fazer o teste de som indicativo de uma boa melancia. Dá certo? Às vezes, sim. É uma questão de sorte. De qualquer forma, quem me vê testando o som das melancias fica bastante admirado com meu profundo conhecimento sobre a arte da escolha de uma boa fruta.

Certa vez, no supermercado, fui escolher uma melancia para comprar. Batia com os nós dos dedos nas frutas expostas e, com o rosto meio virado para a citada (melancia), de tal forma que meu ouvido destro ficasse mais próximo à mesma e, assim, melhor ouvisse o som oco. Depois de testar algumas, optei por uma bela melancia que, placidamente entre as demais, esperava por um comprador atento e entendido.

Lógico que tal demonstração altamente qualificada de meu conhecimento não passou despercebida dos míseros mortais que estavam por perto. Uma senhora se aproximou e pediu-me, com toda humildade, que eu escolhesse uma melancia para ela. Com o ego “a mil”, dispus-me a ajudar a pobre consumidora. Testei diversas frutas até que me decidi por uma e declarei: “Pode levar esta, sem susto”. E lá se foi a senhora, feliz da vida, com sua melancia escolhida a dedo e ouvido por um técnico altamente qualificado. Ao menos no entender dela!

Chegando em casa, fui abrir a minha melancia, tão cuidadosa e qualificadamente escolhida. Gente! A melancia era branca, por dentro. Imaculada como uma virgem! Tentei comer um pedacinho... Sem gosto algum. Um desastre de melancia! Aí fiquei pensando na senhora compradora de melancia por mim testada e aprovada. Será que também era da variedade “branca por dentro” e sem gosto?

De qualquer forma, tomem sempre muito cuidado com os provadores de vinhos e os escolhedores de melancia.

Até hoje, quando vou comprar uma melancia, continuo fazendo o teste de som. Pode ser que não funcione, mas, pelo menos, impressiona os basbaques que estão por perto.


COMENTANDO UM BLOG

Na verdade, hoje a recomendação vai para dois blogs, ambos de minha amiga Elza: o “Blog do Beagle” (http://elzinha1.blogspot.com/ ) e o “Blog do Beagle – UOL” (http://ellara.blog.uol.com.br/ ).

Por que “Blog do Beagle”? Bom, é uma homenagem ao Baltazar, o seu cão da raça beagle. No primeiro blog, a Elza, com bastante humor e sensibilidade fala, principalmente, de seu dia-a-dia. No segundo blog, também é o dia-a-dia, mas de fatos jornalísticos que vão acontecendo. E, entremeando esse dia-a-dia, a Elza costuma, também, narrar casos ocorridos há bastante tempo. Como a recente história contada de quando sua mãe “tentou furtar” um carro e que ela dedicou a mim.

Não deixem de ler os blogs da Elza. E podem colocar links dos mesmos nos blogs de vocês, pois são muito bons.


SELO “ESSE BLOG É BOM DE BOLA”

Gentes, meu amigo Marco, do blog “Antigas Ternuras” (http://antigasternuras.blogspot.com/) indicou meu blog para ostentar esse selo. Devo indicar mais cinco blogs dignos de ostentar, também, esse selo. A rigor, todos os blogs que constam da minha relação de links podem ostentar esse selo. Mas, como devo indicar cinco, de forma mais ou menos aleatória, indico os seguintes:

Oh... Love” (http://nah8p.blogspot.com/ ), da minha amiguinha Nayara, a Nah. Um interessante blog escrito por uma adolescente de muito talento.

“Cuidado, estão te espiando” ( http://www.cuidadoestaoteespiando ) , da bisavó mais querida da Internet, que também tem o blog da “Bisavó Blogueira” (http://www.bisavo.blogger.com.br/ . A Maith leva o selo pelo interessante romance que ela vem desenvolvendo no blog: “No Tempo dos Coronéis”.

“Blog do Beagle” (http://elzinha1.blogspot.com/ ), da minha amiga Elza, pela inspiração e pela forma impecável com que narrou a história passada com sua mãe, do que já falei acima.

Gente, as duas outras indicações, me desculpem mas aí vai um pouco de nepotismo (será?), pois vou indicar blogs da família São dois blogs que estão parados mas as responsáveis me prometeram que vão reativa-los. Enquanto elas escreveram foram dois blogs bem bonitos. Ajudem-me a cobrar delas as postagens. São os blogs de minhas netas Juliana - “Meninas do Poder” (http://meninasdopoder.blogspot.com/ ) e Vanessa – Vanezilla!!! (http://www.vanezilla.blogger.com.br/ ).

_ _ _ _ _ _ _

Abração a todos vocês.

16 comentários:

Luciana Farias disse...

hmmmmm... pior foi a vez em que a melancia escolhida pelo entendido em melancias estava atrás do banco da Variant e estourou no meio da viagem.

Lembro-me até hoje do belo aroma que ficou, e olha que o fato já vai pra uns bons 30 anos...

Beijão, Paiê!!!

Anônimo disse...

Lu, é verdade! Nem lembrava mais disso. Mas, tem explicação! É que eu escolhi de propósito uma melancia podre. Quando ela estourou dentro do carro, o cheiro era tão forte que serviu para matar fungos, bactérias, insetos, ratos, e tudo o mais que existia dentro do carro. Só não matou a cobra que eu estava levando para o Butantã e que escapou da caixa. KKKKKKKKKKKKKKK! mas, isso é uma outra história. Paiê

ViviMaia disse...

Olá J.F.
Quanto tempo, ao ler sua história comprarei os "entendedores" tanto de melancias com de vinhos a nós mesmos, imaginei como as vezes nós nos sentimos tão superiores por pensarmos sermos melhores do que outros, por talvez, fazermos determinadas coisas de um modo mais refinado que outros, mas no final vermos que nossa tal habilidade ter menos sucesso do que a dos outros que agem de forma mais simples, ou até memso quando caimos na bobagem de pensarmos que sabermos tudo e que nossas escolhas serem as certas e quando vemos a nossa "melancia está branca como uma virgem".
Mas as vezes é bom acreditarmos que tudo vai sair perfeitamente bem
=]
Obrigado por estar postando, gosto muito de visitar seu blog, sinto me muito bem aqui, assim como me sinto bem no blog da sua filha Luciana, vocês escrevem de uma maneira realmente bonita e gostosa de ler, obrigado realmente por fazer um blog de tal qualidade.
Beijos
Até mais..

Blog do Beagle disse...

JF, meu ego tá lustroso como ele só! Lavado, engomado e passado a ferro por sua mão generosa, só podia dar nisso! Obrigada pela indicação. Obrigada pelos elogios. Permita-me uma pequena coreção: comecei no UOL e ofereci meu blog ao Gaspar, meu beagle que morreu envenenado. Lá, contava meu dia a dia. Ganhei da Meire ( www.meiroca.com) o segundo, hospedado no blogspot e assim, de armas e gabagens passei a relatar meus causos no segundo blog do beagle. A saudado do UOL foi forte e passei a postar, eventualmente, notícias comentadas e artigos de terceiros, lá. Valeu as indicações. Vc me deixou muito feliz. Bjkª especialissima. Elza

Blog do Beagle disse...

Ah, esqueci de dizer que sou grande entendida em escolher frutas. Uso o olfato ... Bjkª. Elza

luizcarlos disse...

Realmente JF, escolher melancia é muito difícil, a melhor maneira de escolher uma melancia é cortando ela ao meio, desta m,aneira não tem erro.......hehehehehe
LC

Anônimo disse...

Pois vou contratar vc para contar "causos" enquanto compro minhas melancias, creio, que com tão bons "causos" sairei mais feliz que a velhinha do supermercado
Rita

Anônimo disse...

Em primeiro lugar, obrigada pela indicação. Ser citada por um escritor como você é sem a menor dúvida uma honra.
Agora, cá pra nós, será que você não testa os blogs com a mesma pericia que testa as melancias?
Quanto às últimas o meu método é outro. Compro sempre uma metade ou um quarto. Alem de ser mais leve para carregar há menos perigo de errar.
Uma boa tarde pra vc.
Maith

Anônimo disse...

Oi JF.

Como por aqui tá difícil achar especialistas em ler as almas das melancias, só compro melancia cortada, como o LC... daí ñ tem erro, rsrsrsrsrs.
abçs

Pr

Marco disse...

Caro amigo,
Já vi muita gente fazendo o teste do "toc-toc" em melancias. Mas, pragmático virginiano que sou, pergunto o que tem a ver as batidinhas. As pessoas não sabem me dizer (exatamente como você, que se tornou "melanciólogo" por pura farra...). Você está certíssimo. O que tem de "entendido" por aí é uma grandeza. Sempre existe um "perito" por perto. E um ingênuo para acreditar...
Carpe Diem. Aproveite o dia e a vida..

Your Soul disse...

Muita gente tbém surra melões...rs
bjs JF

Blog do Beagle disse...

Aprendi com um feirante que tanto a melancia e o melão devem ser pesados e com som oco. O peso garante a existênciad e líquido no interior e o som, dá idéia da maturidade do fruto. Maduro e cheio de água, possivelmente será doce e saboroso. Mesmo assim, em faço um risquinho com a unha e cheiro a casca... Elza

Anônimo disse...

Oi amigo querido,

Pois é, estou super animada com a academia... e claro, tomando todos os cuidados não correrei riscos...
Meu, ri muito aqui com sua história da melancia...já aconteceu com meu pai, ele comprou uma dizendo que escolheu a dedo e tal, e pra nossa surpresa qdo abrimos, a pobre estava seca por dentro...kkkkkk
Um beijo e boa semana
Alê Barros - Caraminholas

Lino disse...

Boa observação em relação aos enólogos de plantão. Eles, na verdade, não sabem nada.
Aliás, como a gente escolhendo melancia ou melão.

Anônimo disse...

Tem um capítulo novo no http://www.cuidadoestaoteespiando.blogger.com.br
Um abraço
Maith

luma disse...

Compro melancia já cortada, aberta. Não corro o risco, mas os melões eu chacoalho. Até não sei porque. Mania. Mas quem vê pensa decerto sou entendida. Vai saber! Beijus