sexta-feira, julho 04, 2008

NEM PT E NEM PSDB. VAI DAR PET!

Gentes, sem querer assustar ninguém (mas, já assustando!), imagino ter comprovado a invasão do Brasil por seres alienígenas vindos do espaço sideral. Mais especificamente: de Marte. É isso aí. Parece que os E.Ts. já estão por aí com um plano de ação difícil de ser detectado, mas muito eficiente.

O plano é tomar conta do Congresso e, depois, através de um projeto de lei, deportar todos os brasileiros - mas todos, mesmo! – para fora da superfície pátria. Ao que me consta, seremos todos enviados para a Espanha, país que não vê com bons olhos a entrada dos habitantes desta Pindorama em seu solo.

Certa vez, alguém disse que, na Câmara, existiam trezentos picaretas. Picaretas eu não sei. Mas, se me falarem em trezentos E.Ts. (extra-terrestres), eu é que não vou estranhar. E com essa história de os partidos estarem mudando seus nomes, logo teremos o surgimento do PET., o Partido dos Extra Terrestres.

Hoje, quero relatar a vocês mais dois PLs (Projetos de Lei) propostos por deputados federais. Existem outros projetos estranhos, conforme pude constatar no “site” da Câmara Federal. Porém, quero encerrar esta série de “postagens” com estes dois PLs e, depois, voltar a tratar de outros assuntos, pois brasileiro já não agüenta mais falar de políticos.

Vamos lá:

Através do PL 2922/2008, a deputada Rebecca Garcia, do PP, do Amazonas, pretende instituir um selo nacional para as empresas que não cometerem o crime de redução à condição análoga à de escravo.

Gentes! Ao invés de criar um selinho idiota, pelo qual, provavelmente, teremos que pagar uma taxa (a deputada não esclarece se ela é dona de tipografia interessada na emissão), não é melhor intensificar a fiscalização e punir seriamente aqueles que forem flagrados? Afinal, a redução à condição análoga à de escravo é crime previsto em nossa legislação e com penas devidamente definidas.

Mas, se vocês quiserem rir, vejam o PL 2900/2008, do deputado Manato, do PDT, do Espírito Santo. O deputado pretende tornar obrigatório o plantio de árvores para os casais que quiserem casar ou divorciar, para os compradores de veículos zero-quilômetro e para as construtoras de imóveis residenciais e/ou comerciais.

É preciso comentar?

Bom, onde os recém casados vão plantar uma árvore? Bem no meio da sala de seu mini-mini-apertamento? Sim, porque, hoje em dia, recém casado só pode alugar ou comprar um apartamento tão minúsculo que, para..., para..., para... Ora, vocês me entenderam direitinho, seus mal intencionados: para dormir, a cama fica na vertical, encostada na parede de seu apê de cômodo único. Cadê espaço para a árvore?

E os divorciados? Plantar árvores por que? Ainda se fosse apenas para o ex-cônjuge que teve os seus “galhos” descobertos, até se entenderia. Mas, para os dois? E vão plantar árvore onde, se não têm mais residência?

No meu caso, que sou responsável pelo plantio de mais de quinhentas árvores, fui falar para a Nina que, se nos divorciássemos, ela poderia se utilizar do meu excesso de créditos de plantio de árvores. Mas, ela ficou brava e me ameaçou de jogar a geladeira na cabeça, se eu estiver mesmo pensando em divórcio. Eu, heim!!!


EXPOSIÇÃO DE ORQUÍDEAS DE RIO CLARO


Nooosssaaaa!!! Não imaginava que o pessoal que frequenta o blog fosse se manifestar tanto com a divulgação da exposição e deste meu hobby.


O evento foi um sucesso! Mais de três mil vasos de orquídeas em exposição. Encontro com amigos do Brasil inteiro e novos amigos. Numa próxima postagem, colocarei algumas fotos e contarei alguma historinha interessante de orquidófilos.


Abração,

JF



10 comentários:

Nina Maria disse...

Ainda bem que você ficou com medo de eu jogar a geladeira na sua cabeça!
Você sabe que a ameaça é de "brincadeirinha", pois eu não vivo sem você.
beijos

J.F. disse...

Xiiii!!! Já vai ter gente comentando esse namoro, de novo!
Bom, é lógico que a cessão de créditos de árvores é brincadeirinha.

Marco disse...

Caro amigo J.F.
Esse Congresso... Se tivesse uma lona, parecia um circo! E com palhaços muito sem graça!
Mas que idéia de jerico, meu Deus...
Bom final de semana. Carpe Diem. Aproveite o dia e a vida.

Tina disse...

Oi JF!

Você ainda duvida ? No "nosso congresso" tudo pode acontecer...

E o amor é lindo!!!

bom fim de semana,

maith disse...

Eu acho que deviam arranjar uns selinhos para colar na testa dos políticos que falam e fazem(principalmente) besteiras para a gente não votar mais neles.
E quanto às arvores acho que deviam mandar essa cambada rematear(existe esta palavra?a amazônea. Garanto que dentro de pouco tempo estariam premiando quem cortasse uma arvore para desafogar!
E o namoro via blog é nada menos do que emocionante!
Continuem por decadas e mais decadas!
Beijos para os dois!

Anônimo disse...

Confio mais nos galos aqui do quintal de casa... pelo menos cumprem os horários, cantando todo dia no tempo certo, sem precisar ninguém mandar, rsrsrsrs.
Mas, falando em política, vo6 perceberam como o pt de repente mudou o discurso?
Sempre foi 'favorável' as FarC, q agora estão perdidas e desmoralizadas...pois é, agora sustentam q elas(as farc) devem entregar as armas.
Não estranhem se os ex-guerrilheiros de lá começarem a pedir vultosas indenizações tb, rsrsrs.
JF, continue a escrever, pra nossa alegria!
abçs
pr

Blog do Beagle disse...

Selinho ... árvore ... estou perdendo a esperança, meu amigo. Bjkª. Elza

Magui disse...

Tem muito maluco neste país.Faz parte.Uma das minhas deu muda na ponta da aste, depois que deu flor.Estou esperando dar raizes para transplantar.

Mari disse...

Oi,JF

Adoreiiii!Aliás,eu adoro o seu jeito de contar as notícias...

Creio que somente ETs poderiam dar jeito no Congresso!!

Já tinha lido no Blog do Bruno(Exagerado)sobre Projeto de plantar árvores...ridículo!

beijos

adelaide amorim disse...

J.F., sua visita foi duplamente bem-vinda no Coluna do Meio: primeiro, pelo comentário inteligente; segundo, pela descoberta de seu blog. Um blogueiro que entra no site do Congresso e descobre o que esses ETs andam fazendo presta um serviço relevante. Vamos combinar que nossos congressistas e grande parte dos políticos que nos afligem são mesmo figuras inidentificáveis - FNIs.
Beijo pra você.