sexta-feira, março 18, 2011

DÚVIDAS EXISTENCIAIS

Primo Aparício é uma pessoa estranha. Nasceu e cresceu em cidade bem pequena e veio para a metrópole já adulto. Até que ele tem um certo grau de estudo, mas não acredita em tudo que dizem a ele. Vocês sabem que ele não acredita que um homem pisou na Lua? Pois é isso. Não acredita e pronto. Não adianta querer explicar a ele.

O recente terremoto no Japão deixou-o desolado. Mas, ao mesmo tempo em que se preocupou  e se solidarizou com as pessoas, outras preocupações tomaram conta de sua mente.

“Primo Jota! Tão dizendo que o eixo do planeta foi alterado. A Terra inclinou mais um bocadinho! Desse jeito, nós que estamos mais ao sul, quando a terra girar meia volta, nós estaremos mais ao norte, mais perto da linha do equador, que aliás eu nunca vi, e mais perto do sol. Vai aumentar o calor prá nós!”

“Primo, não é bem assim...”

Ele não me deixou terminar. Quando primo Aparício engata uma marcha, só ele fala.

“E a hora? Tão dizendo que a Terra começou a girar mais rápida e o dia dura um milionésimo de segundo a menos. Além de ter de acordar mais cedo, não sei como acertar meu relógio, já que as vinte e quatro horas do dia não duram mais vinte e quatro horas e meu relógio é dos antigos.”

“Mas, primo...”

“O pior de tudo, primo Jota, é que o terremoto deslocou o Japão dois metros e meio em direção à América. Dois metros e meio! Desse jeito, logo eles nos alcançam!”

E aí Primo Aparício parou de falar e se encerrou em si mesmo. Não adiantava falar nada. Ele não ouviria e...

Gentes, Primo Aparício me deixou preocupado. Será que ele está com a razão? Por via das dúvidas, já vou me inscrever em um curso de japonês. Vai que amanhã ou depois, ao acordar, eu descubro que Tóquio encostou em Itatiba e eu passei a ter uma porção de japoneses sorridentes como vizinhos?
            -            -            -            -            -            -
Pessoas, o http://eeepa.blogspot.com/ mudou de aparência. A Lu (minha filha, hehehe!) fez um desenho novo para a abertura do blogue e postou mais uma de suas histórias. Vale uma conferida.
            -            -            -            -            -            -

Sayonará!
JF

10 comentários:

maray disse...

está me lembrando eu mesma quando fazia buracos na areia da praia pra fazer "laguinhos" e maneirava na fundura com medo de sair "na China" , que era o que meu pai dizia que aconteceria! Mas eu tinha uns 3 anos, acho. Se seu primo já passou dessa idade, a coisa complica...melhor não contrariar ;)

Luciana L.V.Farias disse...

hmmm... paiê, lendo o seu post e o comentário da Maray, eu tenho que confessar algo que carrego comigo há 36 anos, quando fui com os tios e primas pra Angra dos Reis e, depois que fomos à praia, tivemos que sair de lá e ir pra Ubatuba porque poluíram a água do mar...

CONFESSO QUE FUI EU!!! Mas eu tinha quatro anos!!! não sabia que um ato daqueles era poluente!!! Será que contribuí para alguma coisa? Snif, snif...

Beijocas...

Magui disse...

Para tanta bobagem que andam dizendo eu também acho que ele tá certo.
Qt ao homem ter pisado na Lua, qual é o argumento que ele não entende? Quem sabe serve para mim.

Claudinha ੴ disse...

Olá JF!
O primo Aparício é daqueles sujeitos turrões, e neste caso não adianta mesmo discutir... rsrsrs. Mas sabe, eu acho que ele deve ter uma pontinha de razão e então, eu vou começar a estudar japonês também, eu já tenho até vizinho japonês de verdade!
Um beijo!

Vou lá ver a LU!

Lunna disse...

Agora que eu já parei de rir, posso comentar. Meu caro Zeca, seu primo pensa longe, porque do jeito que os humanos estão se apressando, as coisas por aqui vão virar de ponta cabeça kkkkkkkkkkkkkkkkk
Agora, cá entre nós, imagina só acordar e dar bom dia por povo de Tókio. rs
Enfim, deixa o parente falar. De repente a gente aprende alguam coisa.
bacio pra você e pra Nina, e claro pro cãozinho também.
Lunna

Luma Rosa disse...

Hoje fiz o caminho inverso e fui lá na Lu primeiro antes de vir aqui.
Seu primo é exagerado, mas tudo o que ele disse está correto, mas a longo prazo e bota longo nisso! Nós não estávamos encostados no continente africano? Pense nisso! (rs*) Beijus,

Tina disse...

Oi JF !

Pelo visto você já começou a praticar o Japonês e não duvido que logo vá se graduar... rs

Obrigada pelo carinho, pode deixar que vou aproveitar muiiiito meus lindinhos.

beijo grande,

maze oliver disse...

É J.F. pelo jeito vc já começou a treinar japonês. Esse seu primo é mesmo uma graça. Tenho uma tia também que é uma figura já,já publico um texto sobre ela. Passa no meu blog tem um texto novo! E vou visitar o blog da sua filha. Ok? Um abraço para a família b logueira e olha dia 20 foi o nosso dia: O dia dos blogueiros! Parabéns

Miguel disse...

Voltei pra curtir um pouco mais as coisas do primo. Sabe "Jota", dizem que um homem precavido vale por dois, né mesmo? Então vale a pena estudar a lingua do sol nascente, vai que o primo tá certo e um belo de um dia vc acorda com uns japas como vizinhos. O bom é que as famílias japonesas são unidas e virão também umas japinhas..hehe..oops, se der problemas o que eu disse desconsidera tá! Inté amigo.

Rosamaria disse...

Tem acontecido cada coisa, J.F., que não dá pra duvidar de mais nada. Vá que o primo Aparício tenha razão, é melhor arrumar alguém que dê um curso de japonês pra família.
Bjim.